18 de março de 2010

Palavras de Jesus (Mt 6:7,8)

“E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.” (Mateus 6:7,8)
- A repetição não garante que Deus aceitará uma oração. Falar e repetir as mesmas petições não é a garantia da resposta favorável do Senhor. Jesus repreendeu os religiosos de sua época devido ao prolongamento de seus discursos em suas preces, ao passo que suas atitudes não demonstravam tamanha piedade (Lucas 20:46,47).

Deixando a hipocrisia farisaica um pouco de lado, Jesus agora se dirige a ignorância dos gentios que achavam por “seu muito falar” seriam ouvidos, ou melhor, atendidos por Deus. Os hipócritas religiosos buscavam o louvor do povo com suas longas orações públicas, enquanto que os gentios, na verdade, queriam ser ouvidos por Deus, mas tropeçavam em sua ignorância em relação a natureza do Deus Criador (Atos 17:22,23).

No desafio do monte Carmelo entre o profeta Elias e os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal, é possível ter uma idéia da ignorância gentílica em relação ao Deus Todo Poderoso (1 Reis 18:16-40). Os profetas do deus pagão ficaram praticamente o dia inteiro levando suas odes a Baal, a ponto de chegar a se mutilarem para ver se conseguiam atiçar a atenção de seu deus, porém sem nenhuma resposta. “Ao meio-dia, Elias zombava deles, dizendo: Clamai em altas vozes, porque ele é deus; pode ser que esteja meditando, ou atendendo a necessidades, ou de viagem, ou a dormir e despertará. E eles clamavam em altas vozes e se retalhavam com facas e com lancetas, segundo o seu costume, até derramarem sangue” (vers. 27,28). Pensavam eles que através de interminável repetição e fórmulas ritualísticas, conseguiriam obter sucesso; o que não ocorreu. Foi um verdadeiro e sanguinário ritual, porém, sem resposta alguma do céu. Será que isto se assemelha a muitos “cultos” nos dias atuais? A ignorância religiosa é um dos maiores inimigos do homem para se chegar ao eterno e verdadeiro Deus.

O “segredo” da oração entre os gentios estava em seu “muito falar”, ao invés de estar na sinceridade de seus corações em conformidade com uma vida piedosa. A rejeição de Jesus aqui não está diretamente ligada ao tamanho ou a constância na oração, mostrada em outra ocasião, conforme Mateus 26:36-46, e também ordenada por Ele em Lucas 18:1-8; mas a crença que, a oração que faz efeito, está nas palavras que são proferidas, ao invés de estar primeiramente, nas atitudes daquele que se aproxima de Deus.

Repetir palavras e pedidos com negligência não conduzirá o coração do homem a uma mudança de atitude e pensamento perante Deus, fator indispensável para se comunicar com o Criador (João 4:24). A exigência que se faz é de completa devoção ao Senhor, vinda de um espírito quebrantado e um coração contrito e compungido diante dEle. “Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus” (Salmo 51:17).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A maior expressão do amor de Deus:

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

Fale de Cristo aos outros:

- "E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado." (Marcos 16:15,16)

- "... pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, ..." (Romanos 3:23)

- "... porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor." (Romanos 6:23)

- "Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal." (1 Timóteo 1:15)

- "Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; ..." (Romanos 1:16)

- "De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6)

- "Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, ..." (Atos 3:19)

- "Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação." (Romanos 10:9,10)

- "Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo." (Atos 2:38)

- "buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6:33)

- "Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima." (Hebreus 10:25)

- "Portai-vos com sabedoria para com os que são de fora; aproveitai as oportunidades. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um." (Colossenses 4:5,6)

- "Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século." (Mateus 28:18-20)